Lavoisier no Centro de Língua Portuguesa – Camões de Hamburgo a 20 de novembro de 2013

Cartaz%20Lavoisier%20JPEG

Eles são jovens, originais, criativos e senhores de uma dinâmica muito deles. Interpretam música popular portuguesa, também brasileira, e composições próprias à volta de textos de Fernando Pessoa. Os registos musicais são vários e, tal como aquele em cuja sombra tutelar o nome do grupo, Lavoisier, se inspira, também eles tomam como mote o conceito de constante transformação. Reclamam-se da herança de Fernando Lopes-Graça e Michel Giacometti, ao mesmo tempo que do Tropicalismo e do Movimento Antropofágico brasileiro. Na capa do seu CD visualizamos, através de capas de LPs antigos espalhados à volta dos dois músicos e até ao colo deles, aquilo de que se “alimentaram” musicalmente até agora: Nina Simone, Caetano Veloso, The Beatles, Elis Regina, Jeff Buckley.
 
Vale a pena aguardar o que se prepara no seio deste casal de artistas na sua relação com a tradição e a actualidade, quando se está atento à “Tua alma os dois onde estão dois, / Tua alma o um que são dois quando dois são um” (Álvaro de Campos, “Saudação a Walt Whitman”).

Daqui

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s